Agroanalysis - A Revista de Agronegócio da FGV

Agricultura de precisão

Ferramentas podem aumentar produtividade e reduzir custos

Abril de 2018

O campo evoluiu com a utilização de novos recursos e a possibilidade de integrar e conectar as tecnologias visando extrair o máximo do potencial de produção das suas propriedades.

A agricultura vem passando, nas últimas décadas, por uma grande transformação. A tecnologia é uma necessidade para se produzir mais em um cenário de limitação de expansão de áreas cultiváveis e com otimização de recursos e práticas que possam minimizar os impactos ao meio ambiente.

A agricultura de precisão tem sido, desta forma, um dos principais instrumentos utilizados com esse objetivo.

Desde 1999, a Jacto trabalha com tecnologias voltadas para essa área específica e, desde 2010, conta com uma marca própria de produtos dessa categoria, a linha Otmis, marcando definitivamente a entrada da empresa como desenvolvedora de produtos desse segmento.

A telemetria é uma dessas ferramentas, atuando como uma forte aliada na gestão e no monitoramento da lavoura. Nesse contexto, a Jacto possui o sistema Otmis Maps Telemetria, uma solução para o gerenciamento da qualidade e do rendimento operacional da pulverização.

“Por meio da ferramenta, uma série de informações é enviada pelas máquinas automaticamente por meio de rede celular (GPRS) ou Wi-Fi ao servidor na nuvem. Havendo conectividade, estas informações podem ser acessadas em tempo real via internet por meio de smartphone, computador ou tablet. O recurso permite certificar se a aplicação de agroquímicos foi realizada conforme o programado e no volume de aplicação desejado e, também, se as condições climáticas estavam adequadas, tais como a temperatura e a umidade relativa no momento da aplicação”, explica Cristiano Pontelli, gerente de Negócios da Otmis.

Entre outras informações, a ferramenta permite calcular o desperdício com agroquímicos devido à sobreposição e saber exatamente qual é o rendimento operacional de cada pulverizador que está trabalhando no campo.

“De posse de todas essas informações, o produtor consegue visualizar detalhadamente as operações de pulverização, passando a conhecer pontos falhos e pontos com possibilidade de melhoria na operação. Para se ter uma ideia da eficiência e do desempenho do acompanhamento das operações, um dos mapas gerados pela ferramenta traz informações sobre quantidade de agroquímicos utilizados, mostrando especificamente a quantidade de produto sobreposto; em alguns casos, esta sobreposição pode chegar a 6,5%, e, quando isso é notado, pode-se tomar uma ação que pode reduzir este valor em até 1%, o que, no final da safra, pode gerar economias de até R$ 60.000,00”, comenta o especialista.

A Jacto inovou, também, com o lançamento do Omni 700. O equipamento também inaugura um novo conceito de produto para a agricultura de precisão: além das funções básicas de navegação, ele apresenta uma função exclusiva, o Repetidor de Operações Agis, que permite ao operador gravar a operação na primeira aplicação em determinada área.

Juntamente com o Omni 700, a fabricante lançou, também, o Omni 500, para aumentar a oferta de tecnologias de agricultura de precisão com foco nos pequenos e nos médios agricultores. Essa família de produtos também está disponível para a linha de pulverizadores tratorizados da empresa.