Agroanalysis - A Revista de Agronegócio da FGV

Frases & Comentários

Julho de 2018

"Quando exportamos os nossos produtos, embarcamos as máquinas, os fertilizantes, os agroquímicos, as sementes, a biotecnologia e a pesquisa. Não na sua forma física, mas na sua forma de valor agregado."

ANTÔNIO DA LUZ, economista-chefe da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul)

"Estamos na expectativa de concluir as negociações entre o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) e a União Europeia (UE) e desenvolvemos contato com o Canadá, a Coreia do Sul e a Índia. Vamos conversar com os países da Associação Europeia de Livre Comércio e da Aliança do Pacífico para facilitar a nossa aproximação do Chile e do México."

ABRÃO ÁRABE NETO, secretário de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC)

"Defendemos fortemente a abertura das negociações com a Coreia do Sul, o Japão e o México, que são mercados prioritários para o agronegócio, em especial para os setores de carnes, grãos, frutas e cereais."

GABRIELA COSER, assessora de Inteligência Comercial da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS)

"Está em análise a garantia de renda mínima ao produtor que contrata o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) tradicional. Hoje, apenas quem se enquadra no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) recebe esse benefício. A ideia é expandi-lo."

PEDRO LOYOLA, coordenador do Departamento Técnico-Econômico da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (DTE/FAEP) e vice-presidente da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA

"O documento será entregue aos candidatos à presidência da República com uma pauta de longo prazo, com olho em outros governos. São ofertas para o brasileiro e o Brasil serem os campeões mundiais em segurança alimentar."

ROBERTO RODRIGUES, coordenador do Centro de Agronegócio da FGV (GV Agro) e do estudo em questão, sobre o estudo “Plano de Estado – Brasil 2030”, a ser entregue aos presidenciáveis

"Estamos com a primeira versão realinhada pelos especialistas, com as propostas para as entidades fazerem as sugestões. É um estudo inédito sobre o agro brasileiro."

JOÃO MARTINS, presidente da CNA, sobre o estudo “Plano de Estado – Brasil 2030”, a ser entregue aos presidenciáveis