Agroanalysis - A Revista de Agronegócio da FGV

Defensivos agrícolas

Setor incentiva diálogo no campo em prol das abelhas

Agosto de 2016

Uma das bandeiras do Projeto Colmeia Viva® é a relação mais produtiva entre agricultura e apicultura.

IDEALIZADO PELO setor de defensivos agrícolas, por meio do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Defesa Vegetal (SINDIVEG), o Projeto Colmeia Viva® tem a missão de promover o uso correto de defensivos agrícolas na agricultura brasileira para proteger os cultivos e contribuir para a garantia do direito básico de alimentação das pessoas, respeitando a apicultura e protegendo as abelhas e o meio ambiente.

Os agricultores participam quando se encontram colmeias não identificadas em suas propriedades; em caso de dúvida na ocorrência de um incidente por aplicação de defensivo agrícola; e se precisarem de orientação sobre boas práticas de convivência entre as atividades agrícola e apícola. Já os apicultores podem participar quando verificarem perdas de colmeias e abelhas em seus apiários; se necessitarem de suporte no entendimento das causas de perda de colmeias; sobre o que fazerem em caso de possível incidente com abelhas; e, também, se necessitarem de orientação sobre boas práticas de convivência entre agricultura e apicultura.

A vice-presidente executiva do SINDIVEG, Silvia Fagnani, enfatiza que entender os fatores que contribuem para a perda das abelhas é o primeiro passo para uma relação mais produtiva entre agricultura e apicultura. “Quanto mais pessoas no campo tiverem acesso ao número do 0800 e participarem do Projeto, maior será a abrangência do mapeamento almejado por essa iniciativa inédita”, ressalta Fagnani.

Nesses primeiros nove meses do MAP, o grande desafio tem sido a divulgação do 0800 771 8000 no campo para agricultores e criadores de abelhas. Para explicar como participar e o seu funcionamento, o Colmeia Viva – Mapeamento de Abelhas Participativo conta com uma Cartilha, nas versões impressa e online, com download gratuito no site do Projeto Colmeia Viva®.

O mapeamento dará origem a um Plano de Ação Nacional voltado às boas práticas de aplicação dos defensivos agrícolas para uma relação mais produtiva entre apicultura e agricultura.

Uma das iniciativas do projeto é a Relação Mais Produtiva entre Agricultura e Apicultura, incentivando o diálogo entre agricultores e criadores de abelhas. Trata-se do projeto Colmeia Viva – MAP: Mapeamento de Abelhas Participativo, voltado para o levantamento de dados sobre a mortalidade de abelhas, com um mapeamento inédito dos fatores que contribuem para a perda de colmeias e abelhas no estado de São Paulo. O MAP tem participação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Lançado em 2015, possui um canal exclusivo para agricultores, apicultores (criadores de abelhas com ferrão – Apis mellifera) e meliponicultores (criadores de abelhas sem ferrão), além de suas associações relatarem perdas e esclarecerem dúvidas por meio do seguinte número: 0800 771 8000.

Diálogo entre agricultor e apicultor

Reconhecendo seu papel na construção de uma relação mais produtiva entre agricultura e apicultura na proteção das abelhas, o setor de defensivos agrícolas incentiva o diálogo entre agricultores e apicultores. Nesse sentido, o Projeto Colmeia Viva® lançou um manifesto, numa declaração pública da crença do setor de que a colaboração é o melhor caminho para a construção de uma relação mais produtiva, protegendo as abelhas e o meio ambiente.

Todos os detalhes e informações sobre o Projeto estão disponíveis no site www.projetocolmeiaviva.org.br. A ferramenta online apresenta detalhes sobre as bandeiras e iniciativas do Colmeia Viva®. Logo na home, um vídeo de três minutos relata exemplos bem-sucedidos de interação entre agricultura e apicultura, bem como permeia o tema de forma didática e divertida.

Ainda no site, o Blog Colmeia Viva manterá posts atualizados sobre os assuntos de interesse, como o próximo workshop, previsto para setembro.